Hotel 1.000.000.000.000.000 estrelas!

Saimos de casa às 08h da manhã, céu encoberto, friozinho, rumo à fronteira de São Paulo com o sul de Minas Gerais. O plano era ficarmos hospedados num hotel diferente, com um luxo peculiar que nenhum outro oferece.

Chegamos na encantadora e quieta São Bento do Sapucaí, de volta a São Paulo, depois de atravessarmos algumas estradinhas em território mineiro. São Bento é limpa, calada, bonita, organizada e pacata. Um sonho de cidade!

No caminho até nosso grande hotel vimos algumas pousadas chumbregas, que oferecem o trivial: café da manhã, TV a cabo, calefação, lareira, bla bla bla. Tudo isso é pouco, nosso amor merece algo mais requintado do que uma hospedagem ordinária.

Passamos por todas elas, iguais, nada originais. Continuamos a seguir na estrada que nos levaria ao tal hotel mil estrelas que o Artur me prometeu.

Ao chegar no hall de entrada, senti a diferença! Fomos recebidos por uma treinadíssima equipe de árvores nativas, flores silvestres e um ar puro raro de se respirar.

Todo o trajeto até o quarto feito em brejo maciço, nascentes por todo lado, buracos e erosões perfeitamente lapidados pelas chuvas, com um cuidado divinal.

A riqueza dos detalhes me impressionou muito! Eu que sou chata com o calor, bastava uma simples paradinha e olhar para o horizonte que automaticamente sentia uma brisa fresca na temperatura certa para apaziguar meu calor, no caminho até nossa suite.

E as obras de arte? De um lado, víamos a Ana Chata. À frente, víamos a eminente Pedra do Baú. Todas obras-prima do grande mestre realista… vocês sabem quem é, não? Ele fez grandes obras renomadas, como o Corcovado, no Rio de Janeiro, os canions do Itaimbezinho, no Rio Grande do Sul, a Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso, enfim, várias telas espalhadas pelo mundo afora. Louvo os hotéis que dão valor à arte!!

Quando chegamos na suite presidencial, ficamos emocionados com o carinho com que tudo foi arrumado. Colocaram nossa cama de um jeito que o pôr-do-sol ficou na vista da direita, e o nascer do sol à nossa esquerda. Assistimos a todo o festival de cores que ambos espetáculos nos proporcionaram! Ficamos bobos com tamanha competência em receber hóspedes tão exigentes…

Mas o grande diferencial deste hotel, com toda certeza, é na hora de dormir. Um céu forrado de estrelas, tantas, que é possível identificar as constelações todas. Estrelas cadentes a todo instante.. uma cena inesquecível!

Enfim, sem pagar absolutamente NADA, nos hospedamos este final de semana no melhor hote do mundo, com mais de 1.000.000.000.000.000 estrelas: o topo da Pedra do Baú.

Anúncios

Sobre ruivaah

Apaixonada por livros, fotos, viagens, montanhas, bicicleta, riachos, familia, amigos e animais! Apaixonada pelo sol e pela chuva.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Hotel 1.000.000.000.000.000 estrelas!

  1. Artur disse:

    Oi minha linda, tudo bom?
    Muito belo seu texto ou melhor seus textos são todos muito lindos…esse gostei de mais….obrigado pela trip que nao seria tão boa o quanto foi sem sua cia…bjos no amor arturo.

  2. Marcela disse:

    Li três vezes e foi como se eu estivesse lá!!!

    Rê, estou aqui às 18:17, cheia de trabalho, pedindo para o dia acabar logo para eu ir pra casa descansar pertinho do meu marido bonito… e entro no seu blog e não consigo parar de ler… Bjo, Má

  3. amoreco, por deus, quisera eu ter tido essa sacada e ter escrito esse texto!! muuuuiiiiitooooo mas muuuuuiiiiiitoooooo bom, renatinha!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s